Testes PCR: O Triângulo da Farsa

O triângulo da farsa:

Como construir uma farsa: pontos 1 e 2.

Como desmonta-la e demonstrar a sua existência: ponto 3.

1) Usar um método de identificação de positivos avassalador e fraudulento: O teste PCR tem elevada sensibilidade e origina um infindável número de falsos positivos, criando uma onda gigantesca de falsos infectados (falsos positivos e/ou positivos assintomaticos logo não doentes).

2) O critério de mortalidade covid fraudulento, baseado num teste PCR fraudulento (farsa esponencial): usar um teste positivo como único critério identificador da causa da morte.

Mesmo que o teste fosse fidedigno, este critério de mortalidade seria sempre fraudulento, pois ignora o quadro clínico do doente até ao seu óbito. Todos os doentes terminais, ou doentes, que por exemplo levem um tiro e um teste positivo ao chegar ao hospital, serão considerados óbitos covid.

Como existem infindáveis casos falsos positivos, este critério é exponencialmente falso.

Uma Monstruosidade de Falsidade.

Veja o video abaixo:

Pode ler aqui algo também interessante:
93% das mortes por COVID-19 ocorreram em contexto hospitalar

3) A prova da falsidade é muito simples e clara: a média de idade de mortalidade por Covid é igual a 81.4 anos, valor superior à esperança média de vida!

A prova cabal da total insignificancia deste vírus em termos de mortalidade efectiva.

Todos os mortos covid, doentes falecidos identificados com um teste fraudulento, sofreram de comorbilidades graves e são na sua esmagadora maioria pessoas muito idosas. Por essa razão, a média de idades dos mortos por Covid é equiparável à esperança média de vida.

Por exemplo, se fizessemos a média de idades de mortalidade de pessoas com os olhos azuis, certamente que obteriamos um valor também equiparável à esperança média de vida, demonstrando também que a cor dos olhos, tal como ter este vírus da moda, não é factor que influencie negativamente a esperança média de vida de um ser humano.

O mesmo não aconteceria se fosse calculado a media de idade dos mortos por cancro no pulmão, ou de outra doença grave. Esse valor seria certamente inferior à esperança média de vida!

Para os tiranos ditadores, o cancro e todas as outras doenças são desprezíveis relativamente à covid. Todos os diagnósticos e tratamentos dos doentes não covid são ignorados e os pacientes são deixados à sua sorte a morrer em casa confinados e esquecidos, sem nenhum apoio. São perseguidos nos seus direitos e violentados na sua dignidade.

Todas as restrições (confinamentos etc…), proibições, perseguições, retaliações e obrigações (máscaras, pseudo vacinas, testes PCR fraudulentos etc… ) baseadas nesta farsa são um crime contra a humanidade!

A farsa está desmontada e demonstrada.

É nossa obrigação partilhar ao máximo a evidência de fraude por todos, sobretudo os ainda não acordados.

Falo dos chamados covideiros ou colaboracionistas vulgaris.

Não me refiro à corja governante ou elitista ou colaboracionistas pro.

“É para eles que lutamos.
Eles são a nossa esperança.
Sem eles, não há futuro….”

ACORDA DO SONHO E DESPERTA PARA O PESADELO REAL, PARA LUTARMOS JUNTOS, TODOS!!!

Texto de Rui Lima /Sair de Casa/FB

//-

Share

Seja o primeiro a comentar on "Testes PCR: O Triângulo da Farsa"

Deixe um comentário

O seu e-mail não será publicádo.





* (Requerido)

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.