INJECÇÃO DE MALDADE – Material genético não humano

“Carta do Dr. Frank Shallenberger MD, HMD sobre a vacina Covid 19″

Caros pacientes e amigos,

Na semana passada, devo ter sido questionado umas 20 vezes sobre as novas vacinas COVID. Aqui está o que penso. Por favor, passe esta informação para o máximo de pessoas que puder. A população precisa estar totalmente informada e consciente quando se trata de injectar material genético estranho nos seus corpos.

1. As vacinas COVID são vacinas de mRNA. As vacinas de mRNA são um tipo completamente novo de vacina. Nenhuma vacina de mRNA foi licenciada para uso humano antes. Em essência, não temos absolutamente nenhuma ideia do que esperar dessa vacina. Não temos ideia se será eficaz ou segura.

2. A vacina tradicional simplesmente introduz pedaços de um vírus para estimular uma reacção imunológica. A nova vacina de mRNA é completamente diferente. Na verdade, injecta (transfecta) moléculas de material genético sintético de fontes não humanas em nossas células. Uma vez nas células, o material genético interage com nosso RNA de transferência (tRNA) para fazer uma proteína estranha que supostamente ensina o corpo a destruir o vírus que está sendo codificado. Observe que essas proteínas recém-criadas não são reguladas por nosso próprio DNA e, portanto, são completamente estranhas às nossas células. O que elas serão capazes de fazer em nosso corpo é totalmente desconhecido.

3. A molécula de mRNA é vulnerável à destruição. Portanto, a fim de proteger as fitas de mRNA frágeis enquanto estão sendo inseridas em nosso DNA, elas são revestidas com nanopartículas lipídicas PEGuiladas. Esse revestimento oculta o mRNA de nosso sistema imunológico, que normalmente mataria qualquer material estranho injetado no corpo. Nanopartículas lipídicas PEGuiladas têm sido usadas em vários medicamentos diferentes há anos. Devido ao seu efeito no equilíbrio do sistema imunológico, vários estudos mostraram que eles induzem alergias e doenças auto-imunes. Além disso, nanopartículas lipídicas PEGuiladas demonstraram desencadear suas próprias reações imunológicas e causar danos ao fígado.

4. Essas novas vacinas estão contaminadas adicionalmente com alumínio, mercúrio e possivelmente formaldeído. Os fabricantes ainda não revelaram quais outras toxinas eles contêm.
5. Como os vírus sofrem mutações frequentes, a chance de qualquer vacina funcionar por mais de um ano é improvável. É por isso que a vacina contra a gripe muda a cada ano. A vacina do ano passado não é mais valiosa do que o jornal do ano passado.

6. Absolutamente nenhum estudo de segurança de longo prazo terá sido feito para garantir que quaisquer uma dessas vacinas não cause cancro, convulsões, doenças cardíacas, alergias e doenças auto-imunes. Se você sempre quis ser a cobaia da Indústria Farmacêutica, agora é sua oportunidade de ouro.

7. Muitos especialistas questionam se a tecnologia de mRNA está pronta para o horário nobre. Em novembro de 2020, o Dr. Peter Jay Hotez disse sobre as novas vacinas de mRNA: “Eu preocupo-me com a inovação em detrimento da praticidade porque elas [as vacinas de mRNA] são voltadas para plataformas de tecnologia que nunca chegaram ao licenciamento antes.” O Dr. Hotez é professor de Pediatria e Virologia Molecular e Microbiologia no Baylor College of Medicine, onde também é Director do Texas Children’s Hospital Center for Vaccine Development.

8. Michal Linial, PhD, é Professora de Bioquímica. Por causa de suas pesquisas e previsões sobre COVID-19, a Dra. Linial foi amplamente citada na mídia. Ela declarou recentemente: “Não vou tomá-la [a vacina de mRNA] imediatamente – provavelmente não pelo menos no próximo ano. Temos que esperar para ver se realmente funciona. Teremos um perfil de segurança apenas para um determinado número de meses, portanto, se houver um efeito de longo prazo após dois anos, não podemos saber.”

Fonte: Artigo no Facebook.
Os links foram acrescentádos por mim.

//-

Share

Seja o primeiro a comentar on "INJECÇÃO DE MALDADE – Material genético não humano"

Deixe um comentário

O seu e-mail não será publicádo.





* (Requerido)

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.